terça-feira, 13 de novembro de 2012

Os meus gatos

O Eddie apanha sol em cima do meu saco do ginásio.



 
 O Tommy faz algo muito out of character: tentar entrar no armário. O Ozzy observa (canto inferior direito)







O Ozzy toma o comando e faz o que faz melhor: abrir portas. Tommy - com cara de «busted»!

11 comentários:

  1. Que engraçado... tenho dois gatos, um riscado e outro preto e branco, tal como os teus :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os meus são 3 - o Eddie é tigrado e o Tommy é preto e branco. O Ozzy é uma misturada. Desconfio que seja um cruzamento de um tigrado com um siamês. Aqui não se vê bem, mas tem uns lindos olhos azuis. Tenho que por mais fotos, para veres ;)
      Felicidades para os teus bichinhos.

      Eliminar
  2. Bichanos mai lindos !!! Adoro gatos tigrados em tons de cinza e preto, Também tenho uma arraçada de siamês com uns lindos olhos azuis, e também um mega fofo gato amarelo tigrado, tipo garfield mesmo, o meu Cocas ! Parabéns pelos bichaninhos lindos, juntos deve de ser uma loucura pela casa, os meus pais têm 4 e dois deles não se podem ver, andam sempre às turras, os outros 2 são espectadores da novela eheh
    Beijitos ;o)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Imaginas a loucura cá por casa. Estas cenas que retratei em foto passaram-se em cerca de 10 minutos... é uma aventura :) Destes três, os tigrado e o arraçado são como irmãos. Foram adotados quase ao mesmo tempo, cresceram juntos, dormem juntos... não se largam. O preto e branco é o maior mas também o mais novo. O tigrado não o pode ver muito perto... Mas lá se vão entendendo!Se tivesse condições gostava de ter ainda mais animais, mas num apartamento acho que já preenchi a lotação! Beijinhos

      Eliminar
  3. 3 habitantes felinos em casa!? Que máximo. Eu tive um Xá (Persa), mas dei-o há uns meses, porque a chegada da Bébécas fez com ele se sentisse mais só, o meu problema de saúde não ajudou, e as chamadas de atenção começaram a traduzir-se em qualquer tipo de necessidade fisiológica onde calhasse; estava a ser incomportável.
    Agora temos a Janis, uma coelha anã que anda a fazer as delícias lá de casa, embora o Xá não me saia do coração.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os animais requerem mesmo muita atenção. Acredito que seja muito difícil dar um animal, mas se estavam ambos infelizes e stressados (ele e tu) foi certamente o melhor caminho.
      Boa sorte com a Janis (Joplin?) - os roedores são menos exigentes e igualmente fofinhos e carinhosos :)

      Eliminar

Os comentários ajudam a alimentar este blogue. Obrigada por partilhar as suas opiniões.